domingo, 27 de abril de 2008

Senador ameaçado por militares torturadores

Durante reunião da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal hoje (7/2), o Senador Cristovam Buarque informou que está sendo ameaçado por conta de sua denúcia da Operação Condor, que articulou a iniciativa de militares da Argentina, Uruguai, Chile e Brasil. Cristovam Buarque recebeu telefonemas e sua esposa também foi ameaçada. Comissão de Direitos Humanos fará audiência pública para ouvir denúncia de assassinato do ex-presidente da República João Goulart.

Senador ameaçado por militares torturadores
Fórum de Entidades Nacionais de Direitos Humanos - 27 de abril de 2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você é livre para oferecer a sua opinião.